Versão para impressão
07
Jul

Tetratlo Nacional com resultados de relevo

medalhas triatlo nacional cpiaDisputou-se na tarde de sábado, 7 de julho, no Estádio Municipal Manuela Machado, a segunda edição do Tetratlo Nacional uma prova combinada promovida pela Federação Portuguesa de Atletismo e que contou com a organização da Associação de Atletismo de Viana do Castelo.

Esta competição, destinada a atletas dos escalões de Iniciados e Juvenis e que teve anteriormente uma fase de âmbito distrital que permitiu às vinte associações de atletismo regionais encontrar uma seleção que as representasse nesta Final Nacional. Foi então com seis os atletas por associação (2 Iniciados e 1 Juvenil, em cada um dos géneros) que cada um deles disputou as quatro provas que integram esta competição: corrida de velocidade ou barreiras; corrida de meio-fundo; salto em comprimento ou altura e lançamento do peso. Os resultados por eles conseguidos em cada prova é convertido em pontos por comparação das suas marcas com uma tabela de pontuação, e, na soma das pontuações obtidas em cada uma das quatro provas é elaborada uma classificação individual por escalão e sexo.

Foi nesta classificação individual que se destacaram as três atletas femininas que integravam a seleção da AAVC, Marta Lisboeta do CA Olímpico Vianense, foi a grande vencedora no Tetratloo 1 de Iniciados Femininos, com um total de 2420 pontos. No Tetratlo 2 para Iniciados Femininos, Lara Rego do CA Mazarefes, classificou-se em 3º lugar com 2199 pontos e na mesma posição, no Tetratlo para Juvenis Femininos, classificou-se Celina Peneda, do CA Arcos de Valdevez.

No género masculino os atletas da seleção da AAVC cumpriram também com competência o que deles se esperava, embora não tenham atingido lugares no pódio individuais contribuíram, mesmo depois das dificuldades sentidas com a necessidade de convocar atletas à última da hora, para uma boa prestação coletiva.

Coletivamente a seleção da AAVC, no somatório dos pontos obtidos por todos os seus atletas logrou alcançar um prestigioso quarto lugar. Habitualmente colocada nos lugares do meio da tabela, esta posição, à bica da entrada no pódio, acabou por ser uma recompensa agradável para atletas, técnicos e clubes que tanto se empenharam na preparação desta prova. De uma forma singela mas sentida a AAVC agradece a todos a colaboração prestada e felicita-os publicamente por estes resultados.